Sábado, 21 de Maio de 2022 20:04
31 3564-0502
Cidades Flexibilização

Onda Vermelha começa a valer neste sábado (17) em Pedro Leopoldo

As medidas previstas no novo decreto poderão ser reavaliadas e revogadas a qualquer momento, de acordo com a situação epidemiológica na cidade

17/04/2021 07h00 Atualizada há 6 meses
883
Por: Dione Alves
Marcos Tadeu
Marcos Tadeu

A fixação das novas regras sanitárias da onda vermelha em Pedro Leopoldo aconteceu após a reunião do Comitê Gestor de Enfrentamento à COVID- 19, nessa sexta-feira (16/04). Por meio de decreto, a prefeitura vai adotar medidas exclusivas de acordo com a realidade da cidade para o funcionamento dos serviços não essenciais que entram em vigor neste sábado (17/04), e tem vigência até o dia 30 de abril.

De acordo com  a publicação nas redes sociais da prefeitura, embora o município tenha ampliado os leitos de enfermaria no hospital municipal Francisco Gonçalves e nas últimas semanas tenha tido uma redução no índice de transmissão, a falta de medicamentos no mercado e o fato de o número de mortes na cidade por COVID-19 ter aumentado ainda requer a continuidade de medidas restritivas.

Desde o início da pandemia, de acordo com boletim epidemiológico dessa sexta-feira, 86 pessoas na cidade morreram da doença, sendo que 21 delas foram em abril.  Estão passando por monitoramento devido à confirmação do teste 206 pessoas e 3.744 moradores já tiveram COVID-19.

Ainda segundo a publicação das redes sociais, as medidas previstas no novo decreto poderão ser reavaliadas e revogadas a qualquer momento, de acordo com a situação epidemiológica na cidade.

Veja o que mudou

Em relação aos comércios, não poderá haver consumo de bebidas alcoólicas em nenhum estabelecimento, incluindo bares, restaurantes e padarias e esses locais poderão funcionar das 05h até as 22h.

Continua proibida a realização de qualquer tipo de evento na cidade seja público ou privado e as feiras continuam sem poder funcionar. Templos religiosos, escolinhas esportivas e academias de ginástica podem funcionar com até 30% da capacidade.

Para diminuir a aglomeração dentro do transporte público, sobretudo em horário de pico, o comércio não essencial vai funcionar de segunda-feira a sábado com escalonamento de horário de funcionamento. Comércios de artesanato, artigos esportivos, jogos eletrônicos, floriculturas, bancas de jornais, papelarias e lojas de móveis ficarão abertas das 8h até 16h.

A concessionária de transporte público da cidade, Expresso Unir, deverá manter todas as linhas disponíveis e será proibida a circulação de ônibus com lotação superior ao número de assentos.

Lojas de roupas, joias, bijuterias, perfumarias e cosméticos, o funcionamento será de 10h às 18h.Os comércios que funcionarão com serviço de delivery, como bares, restaurantes e lanchonetes, não terão restrição de horário de funcionamento. 

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias